domingo, 25 de outubro de 2009

OS EVANGELHOS



Os Evangelhos são conjuntos de Livros Inspirados, portanto palavra viva de Deus, que trazem os ensinamentos, milagres e a narração da morte e gloriosa ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo. Foram escritos por discípulos ou seguidores de Jesus, todos nos anos seguintes à Ascensão de Cristo aos céus. Os evangelistas são: Mateus, Marcos, Lucas, João. Destes, Mateus e João foram discípulos diretos de Jesus, enquanto Marcos e Lucas, seguidores destes.
O principal propósito dos evangelistas é demonstrar que Jesus de Nazaré é o Messias prometido e enviado por Deus a todo o povo de Israel e a todos os homens. Visam, também, levar a Boa-Nova da Salvação a todos, mediante o batismo, o arrependimento dos pecados e a conversão dos costumes. Cada evangelista tinha um propósito específico ao escrever seu Evangelho, cuja tradução significa “Boa-Nova”. Isso porque eram dirigidas às comunidades cristãs fundadas em diferentes lugares, conforme a conversão e a propagação do cristianismo. Todos, porém, foram escritos em grego, língua universal na época.

EVANGELHO DE MATEUS

O Evangelho de Mateus é o primeiro que aparece na Bíblia.
Mateus foi um dos doze Apóstolos de Cristo, exatamente aquele a quem Jesus chamou para segui-lo, quando se encontrava em um posto de cobrança de taxas, pois era cobrador de impostos. Jesus disse: “Vem e segue-me. O homem levantou-se e o seguiu ”(Mat 8,9).
Ao que tudo indica, Mateus escreveu seu Evangelho na própria Palestina, para cristãos convertidos do judaísmo. Por esse motivo, seu texto é rico em citações do Velho Testamento, pois se dirigia a judeus conhecedores das Sagradas Letras. Foi escrito por volta do ano 60 de nossa era. Um de seus principais pontos é o ensino de Jesus sobre as “Bem-Aventuranças”, bem como o dramático confronto de Jesus com o demônio, no deserto.

O Autor demonstra claramente que Jesus é o “Rei de Israel”, vindo da Casa de David, e o Redentor do Homem. Mateus descreve de modo bastante intenso o processo de prisão, condenação, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo. Seu relato termina com a declaração missionária de toda a Igreja: “Ide e fazei com que todas as nações se tornem discípulos.Batizai-as em Nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, ensinai-as a observar tudo que vos ordenei. Eis que estarei convosco até a consumação dos séculos”. ( Mat 28,16 e ss).

EVANGELHO DE M A R C O S


O segundo Evangelho relatado no Novo Testamento é o de Marcos. Marcos não foi discípulo direto de Jesus, mas seguidor dos Apóstolos.
Ao que parece, foi o primeiro a escrever a vida de Jesus, antes mesmo de Mateus, e isso por volta do ano 50-55 de nossa era. Seu nome aparece nos “Atos dos Apóstolos” ( At: 12.12 ), como discípulo de Pedro e companheiro de Paulo em suas viagens missionárias. É o menor de todos e o menos sistemático na apresentação dos temas.
Marcos nos apresenta Jesus como “O Grande Servo de Israel”, que veio ao mundo para “Sacrificar-se pelos homens”. Como Mateus, Marcos relata a Ressurreição de Cristo, primeiro às mulheres, como a Maria Madalena, e em seguida a seus Apóstolos. Marcos termina seu Evangelho de forma também missionária. “Ide por todo o mundo, proclamai o Evangelho a toda criatura. Aquele que crer será salvo; o que não crer será condenado”. ( Mc 16,15 ).


Nenhum comentário: