quarta-feira, 4 de novembro de 2009

OS DISCÍPULOS DE EMAÚS



Jesus caminha com os homens:- Dois discípulos seguiam para um povoado chamado Emaús, distante onze quilômetros de Jerusalém. Conversavam a respeito de tudo o que ti-nha acontecido.

Enquanto conversavam e discutiam, o pró-prio Jesus se aproximou e começou a cami-nhar com eles. Os discípulos, porém, estavam como que cegos, e não o reconheceram. Então Jesus perguntou: — O que é que vocês andam conversando pelo caminho?

Eles pararam com o rosto triste. Um deles, chamado Cléofas, disse: — Tu és o único pe-regrino em Jerusalém que não sabe o que lá aconteceu nesses últimos dias? Jesus perguntou: — O que foi? Os discípulos responderam: — O que aconteceu a Jesus, o Nazareno, que foi um profeta poderoso em ação e palavras, diante de Deus e de todo o povo. Nossos sacerdotes e nossos chefes o entregaram para ser condenado à morte, e o crucificaram.
Nós esperávamos que fosse ele o liberta-dor de Israel, mas, apesar de tudo isso, já faz três dias que tudo isso aconteceu! É verdade que algumas mulheres do nosso grupo nos de-ram um susto. Elas foram de madrugada ao tú-mulo e não encontraram o corpo de Jesus. Então voltaram, dizendo que tinham visto anjos, e es-tes afirmaram que Jesus está vivo. Alguns dos nossos foram ao túmulo e encontraram tudo como as mulheres tinham dito. Mas ninguém viu Jesus.

Então Jesus disse a eles: — Como vocês custam para entender, e como demoram para acreditar em tudo o que os profetas falaram! Será que o Messias não devia sofrer tudo isso para entrar na sua glória?

Então, começando por Moisés e continu-ando por todos os profetas, Jesus explicava para os discípulos todas as passagens da Escri-tura que falavam a respeito dele.

Quando chegaram perto do povoado para onde iam, Jesus fez de conta que ia mais adian-te. Eles, porém, insistiram com Jesus dizendo: — Fica conosco, pois já é tarde e a noite vem chegando.

Então Jesus entrou para ficar com eles. Sentou-se à mesa com os dois, tomou o pão e abençoou, depois o partiu e deu a eles. Nisso os olhos dos discípulos se abriram, e eles reconhe-ceram Jesus.

Jesus, porém, desapareceu da frente deles.

Então um disse ao outro: Não estava nosso coração ardendo quando ele falava pelo cami-nho, e nos explicava as Escrituras?

Na mesma hora eles se levantaram e vol-taram para Jerusalém. Onde encontraram os onze, reunidos com os outros. E estes confirmaram: realmente, o Senhor ressuscitou, e apareceu a Simão!

Então os dois contaram o que tinha aconte-cido no caminho e como tinham reconhecido Jesus quando ele partiu o pão.

Lc 24,13-35.


Um comentário:

Anônimo disse...

Os discípulos indo de dois a dois no caminho..., é o mesmo que se nós estamos andando no caminho de nossas vidas, sempre necessitamos de mais alguem para compartilhar nossas alegrias e tristezas.
O Caminho que nos leva ao Pai não é curto é longo.
Abraços