quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Como a Bíblia ensina a orar...


A oração na Bíblia é uma oração simples, espontânea, encarnada na realidade da vida cotidiana. A Bíblia reza a vida de um povo cerdado de opressão. Leia, por exemplo, o Livro do Êxodo, Ester, Tobias. Neles se reza a vida de uma comunidade que experimenta a ação constante de Deus. Idem o livro dos Salmos.
         A gente reza como a gente é:

         A Bíblia nos adverte para uma oração simples. O livro do Eclesiástico (5,1) recorda: " tuas palavras   
         diante de Deus não sejam numerosas". E o livro do Eclesiàstico (15,17) confirma esta mesma atitude:
         "Em vossas orações não multipliqueis as palavras".
        
         E Jesus como orou?

         Jesus também amou a simplicidade na oração. ELE se retirava frequentemente na solidão, no silencio
         da noite, justamente para entrar em diálogo com seu Pai. Fazia-o, numa atitude humilde e filial. Como
         Jesus, o cristão deve fazer uma oração de simplicidade, de humildade e poucas palavras, pois "Vosso
         Pai sabe muito bem do que precisais". (Mt 7,11).
         Ao mesmo tempo, Jesus reza uma oração encarnada na vida. A oração de Jesus foi, antes de mais
         nada, uma oração de Filho e de homem.
         De um homem, cuja missão era libertar seus irmãos da escravidão do egoismo, das estruturas injustas
         do pecado. Jesus orou como homem, como verdadeiro homem. Sua oração antes da Paixão e Morte
         é uma prova. Jesus não orou só para nos dar o exemplo. Não, ELE orou porque, como Filho e como
         homem, necessitava disso.
         A partir da oração de Jesus, toda a oração para ser cristã tem de ser libertadora, Evangelizadora e
         missinária.
 
         A oração é, sobretudo, uma abertura do coração a Deus. Este Deus é para o cristão "o Pai" revelado
         por Jesus Cristo. Então o cristão, quando reza, se dirige ao Pai numa atitude de filho,de um filho que
         se sabe amado e perdoado.
       
         Orar costuma fazer Bem...

Nenhum comentário: