quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Ele existe. E Daí???



Você já leu em Atos dos Apóstolos 19,1-3? Narra-nos um fato muito interessante e significativo.

São Paulo em Éfeso. Encontra nessa cidade um grupo de novos cristãos. Pergunta-lhes se haviam recebido o Espírito Santo, quando abraçaram a fé. A resposta é surpreendente: “ nem sequer ouvimos dizer que existe Espírito Santo...”.

Talvez a mesma resposta pudesse ser dada por muitos cristãos, hoje: Nem sabemos que Ele existe!...

No entanto, Cristo confiou-lhe a sua obra. Disse que Ele permaneceria conosco. Ensinar-nos-ia toda a verdade. Lembrar-nos-ia suas palavras. Seria nosso consolador. Leia: Jô 14,15-20 e ainda 16,5-15. É a promessa do Senhor!

Os Atos dos Apóstolos são chamados o “Evangelho do Espírito santo”, porque nos mostram do que são capazes aqueles que se entregam à sua ação.

E, para você, quem é o Espírito Santo? Que lugar ocupa Ele em sua vida?

Às vezes constatamos que nossa vida cristã não é o que deveria ser.

As dificuldades nos abatem. As preocupações nos absorvem. A duvida nos atormenta. Corremos o risco de desanimar na luta. Sabe porque? É que nos esquecemos que temos em nós a fonte da vida, o amigo, a força, o consolador. Para aqueles que se deixam guiar por ELE não há desânimo, não há derrota, não há medo.

Deixe-o agir em você. Deixe que ELE lhe indique o caminho. E Ele o conduzirá à fonte da vida, à Trindade! E você encontrará a alegria e a paz, frutos de sua ação.

ELE existe. E daí? Depende de você deixar que essa realidade maravilhosa empolgue sua vida, dando-lhe um sentido novo, uma nova plenitude.

Depende de você permitir que, dia a dia, ELE o conduza ao foco de amor, à participação de sua vida, que é a do Pai e do Filho.

O Espírito Santo é o dom da Trindade a nós. Que fazemos desse dom?

- Espírito Santo,
Ensinaram-me que és a terceira Pessoa
Da Santíssima Trindade.
Acreditei, mas, como não posso compreender,
Essa crença ficou como uma teoria vazia...
E eu continuo, pela vida, procurando amigos, buscando ajuda,
Desejando encontrar quem me oriente, console, guie, esquecendo, porém,
Estas em mim, que tua missão é guiar-me ao rumo certo e orientar-me
Para a meta, é ser o amigo de todas as horas.
Perdoa-me, Divino Espírito,
Se tantas vezes me esqueci de ti,
Se minha vida não é testemunho de minha fé.
E hoje te peço,
Já que nos foste dado por Cristo, em no do Pai:
Fica comigo permanece em mim, guia minha vida.
Tu em mim, eu contigo.
E minha vida encontrará seu sentido, seu rumo, sua razão de ser:
A participação da vida trinitária!
Por: Irmã Helena

Nenhum comentário: