domingo, 13 de maio de 2012

Eu sou do Céu

Lúcia contou a primeira aparição da Virgem Maria ocorrida em Fátima, no dia
13 de maio de 1917: "Vimos um outro clarão e, após darmos alguns passos, distinguimos, sobre a azinheira, uma Senhora vestida de branco, mais brilhante do que o sol, espargindo luz à sua volta, uma luz mais viva e mais intensa do que um copo de cristal contendo água clara, atravessado por ardentes raios de sol. Nós ficamos paralisados, surpresos com a aparição. Estávamos tão próximos d´Ela que adentrávamos a luz que a envolvia, ou, melhor dizendo, que emanava d´Ela, e que estava, mais ou menos, a um metro e meio de distância de nós. Então Nossa Senhora nos disse:
- Não tenhais medo, eu não vos farei mal.
- De onde sois? - perguntei-lhe.
- Eu sou do Céu. - (erguendo a mão para o céu).
- E o que é que Vossamecê me quer?
- Vim para pedir que venhais aqui seis meses seguidos, no dia 13, a esta mesma hora. Depois vos direi quem sou e o que desejo. Depois voltarei ainda uma sétima vez. Aí, perguntei: - E eu também vou para o Céu?
- Sim, vais.
- E a Jacinta?
- Ela também vai.
- E Francisco?
- Também, mas ele deve rezar muitos terços.
Veio-me, então, ao espírito de perguntar-lhe sobre duas jovenzinhas que haviam morrido recentemente. Elas eram minhas amigas e costumavam vir até a nossa casa para aprender a tecer com minha irmã mais velha. Chamava-se Maria das Neves. Então, indaguei:
- A Maria das Neves já está no Céu?
- Sim, está.
- E a Amélia?
- Ela estará no Purgatório até o fim do mundo. Quereis oferecer-vos a Deus para suportar todos os sofrimentos que Ele quiser enviar-vos, em ato de reparação pelos pecados com que Ele é ofendido, e de súplica, pela conversão dos pecadores?
- Sim, queremos.
- Tereis muito que sofrer, mas a graça de Deus será vosso conforto... Rezai o terço todos os dias para alcançar a paz para o mundo e o fim da guerra.
Em seguida, a Mãe de Deus começou a elevar-se serenamente, subindo em direção ao nascente até desaparecer. A luz que a circundava ia como que abrindo um caminho no cerrado dos astros.

Nenhum comentário: