sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Os ícones de São Lucas


Segundo a tradição, São Lucas foi a primeira pessoa a realizar três Imagens da Santa Mãe de Deus tendo o Menino Deus em seus braços. Ele as submeteu à apreciação e aprovação da Santíssima Virgem, quando ainda vivia na Terra. Maria acolheu as Imagens,
com alegria, dizendo: "Que a graça d´Aquele
a Quem eu concebi esteja nelas!". Mais tarde, São Lucas representou, em Imagens, os Santos Apóstolos transmitindo à Igreja a piedosa e Santa Tradição da veneração dos ícones de Cristo e dos Santos.

São Lucas nasceu na cidade de Antióquia, a Grande. De origem nobre, ele sobressaía-se, particularmente, nos domínios da ciência médica e na arte pictórica. Sob o reinado do Imperador Cláudio (por volta do ano 42 d.C.), quando tratava dos doentes da região de Tebes, na Beócia, Lucas encontrou o Apóstolo Paulo, cujas palavras ardentes o convenceram de que a verdade absoluta que ele buscava, havia tantos anos, encontrava-se, efetivamente, com os discípulos de Jesus Cristo. Quando se separou de seu mestre, Lucas voltou à Grécia, para proclamar o Evangelho. Fixou-se novamente na região de Tebes, onde faleceu em plena paz, aos oitenta anos.

Desejando testemunhar o valor do seu fiel servidor, Deus fez com que escorresse de seu túmulo um líquido milagroso que curava as doenças dos olhos daqueles que, com o fluido, se ungiam confiantes. Desta forma, mesmo após a morte, São Lucas continuou a exercer a medicina. Anos e anos mais tarde (3 de março de 357), o Imperador Constâncio, filho do Grande Constantino, mandou transportar a Relíquia do Santo para Constantinopla por intermédio de Santo Artêmio, duque do Egito, depositando-a sob o Altar da Igreja dos Santos Apóstolos, junto às santas Relíquias dos Apóstolos André e Timóteo.

Fonte: Um minuto com Maria.

Nenhum comentário: